Você não sabe o que é, mas deixa você paralisado

        Você já sentiu aquele frio na barriga, o coração batendo mais forte, parecendo que vai sair pela boca, e a respiração ofegante? Você não sabe o que é, mas deixa você paralisado. Você sente que está plantado no chão e ao mesmo tempo parece que vai explodir como um foguete em direção ao espaço.

        Você não consegue reter nenhum pensamento, nem a sua voz parece ser emitida. Você grita e não ouve a sua voz. Você sente que isso é a tal da ansiedade. Seu coração bate mais rápido que o corriqueiro. Você inspira e expira quase simultaneamente, o oxigênio é acumulado. Você está pronto para explodir.

        A sua circulação sanguínea corre a uma velocidade de avião supersônico, é como tsunami num órgão e deserto em outro. Seus neurônios compartilham sinapses alucinadas. Seus hormônios interagem intensificando a produção de produtos químicos e anticorpos para se defender de um inimigo invisível.

        Você deseja sair de onde está, mas não consegue. Você está imóvel. Você está com medo de perder o controle da situação. Você sente que vai desmaiar. Medo e ansiedade é pouco. Você está em pânico.

        Você percebe que a ansiedade que você sente é um empecilho para você alcançar seus maiores sonhos e objetivos. Será mesmo? Leia o que disse Alfred Hitchcock.

 

“Sorte é tudo… minha sorte na vida foi ser uma pessoa realmente assustada. Eu sou sortudo por ser um medroso, ter um baixo limiar de medo, porque um herói não pode fazer um bom filme de suspense.”

 

        O que será que o Hitchcock fez para conseguir lidar com o seu medo? Hitchcock usou a sua ansiedade ao seu favor. Como ele usou o medo ao seu favor? Parece que nesse caso, ele viveu a sua ansiedade. Quer dizer, ele não negou (fugiu dela, a ignorou, brigou com) a sua ansiedade. Assim, usando a criatividade e a curiosidade para com a sua ansiedade conseguiu transformar o seu medo de forma criativa.

        Agora, imagine se você tivesse em mãos um mapa. Um guia que lhe mostrasse em detalhes o passo-a-passo para lhe tirar desse lugar de dor e sofrimento.

        Um guia cheio de conhecimento de você mesmo. E, depois de algum tempo seguindo esse guia, o seu medo, a sua ansiedade e a falta de conhecimento se transformam em confiança, novos comportamentos e sabedoria para você ser o motorista da sua viagem, para você dirigir a sua vida.

        Você tem agora uma decisão a tomar. Ou continuar parado e paralisado observando seus sonhos e objetivos ficarem cada vez mais distantes. Ou decidir lutar pelo que é seu, pelo que você é. Lutar por você. Mover-se. E seguir o caminho que irá suprir as suas necessidades e orientar você para viver a vida que você sempre sonhou. E tornar você o guia de si mesmo.

Psicologia e Psicoterapia

“A alma não se conhece a si mesma, a não ser enquanto percebe as ideias das afecções do corpo” (Benedictus de Espinosa).

        Sim, você decide mudar. Mas como você faz isso?

2 respostas para “Você não sabe o que é, mas deixa você paralisado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *